NOSSA MISSÃO

Divulga artigos de pesquisas científicas escritos por cientistas e pesquisadores SUD.s e não SUD.s, profissionais e amadores, a respeito da arqueologia, antropologia, geografia, sociologia, cronologia, história, linguística, genética e outras ciências relacionadas à cultura de “O Livro de Mórmon - Outro Testamento de Jesus Cristo”, uma das quatro obras padrão de “A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias”.

O Livro de Mórmon conta a história dos descendentes do povo de Leí, (profeta da casa de Manassés), que saiu de Jerusalém no ano 600 a.C. (pouco antes do Cativeiro Babilônico) e viajou durante 8 anos pelo deserto da Arábia às margens do Mar Vermelho, até chegar na América (após 2 anos de navegação), desembarcando provavelmente em algum lugar da Mesoamérica (região que inclui o sul do México, Guatemala, Belize, El Salvador, Honduras, Nicarágua e parte de Costa Rica), mais precisamente a região vizinha à cidade de Izapa, no sul do México, onde, presumem os estudiosos, tenha sido o local de assentamento da primeira povoação desses colonizadores hebreus .

Este blog não é patrocinado nem está ligado oficialmente a qualquer denominação religiosa. Todo conteúdo apresentado aqui representa a opinião e é de total e exclusiva responsabilidade de seus autores, que sempre estão devidamente identificados.

terça-feira, 29 de junho de 2010

ARQUEOLOGIA - Desenho Atualizado de Stela 5 e Sua Correlação Com a Árvore da Vida de Leí

V. Garth Norman

Tradutor Elson C. Ferreira - Curitiba/Brasil - Janeiro/2004
O propósito desta pesquisa é apresentar meu desenho atualizado e as comparações de Izapa Stela 5 com a Árvore da Vida do sonho de Leí escrito no Livro de Mórmon (1 Néfi 8)




o qual foi recentemente publicado em The Book of Mormon Reference Companion pela Deseret Book (Largey 2003). São fornecidos aqui o desenho e a tabela que mostra esse paralelo aos leitores que atualmente estão estudando os registros de Néfi no Livro de Mórmon. O leitor pode recorrer ao artigo BMRC para obter uma introdução concisa atualizada das pesquisas de Stela 5.
 POSSÍVEIS PARALELOS ENTRE STELA 5 E A VISÃO DE LEI DA ÁRVORE DA VIDA


Características do Sonho de Leí
Paralelos em Stela 5
1
A Árvore da Vida
Árvore da Vida/Mundo com espíritos guardiões
2
O Rio de água
Rio flui em baixo, da chuva para o painel da água.
3
O Estreito e apertado caminho
Linhas de caminho da nascente do rio para a árvore
4
A barra de ferro
Linha larga vai do caminho até a árvore
5
O campo largo e espaçoso/deserto escuro e triste
Campo aberto na nascente do rio perto da névoa escura
6
Inumeráveis multidões de pessoas
Figura genérica vem do rio
7
Pessoas enchem o grande e espaçoso edifício
Homem numa caixa é a figura mais alta do painel
8
Névoa de escuridão
Símbolo de névoa de escuridão nos olhos cegos enfaixados
9
Mensageiro celestial ou guia
O deus Quetzalcoatl (serpente emplumada) diante da árvore
10
Uma pessoa sendo levada do campo
O viajante é levado por deus como extensão do seu braço
11
A família de Lei
(a) Leí, (b) Saria,
c) Néfi (d) Sam,
(e) Lama, (f) Lemuel
Seis figuras (família ancestral de Quiche Maia, os primeiros pais da migração: dois filhos jovens, o rei escriba e seu atendente, dois irmãos mais velhos subjugados por outros dois mais novos).
12
Alguns que chegam até a árvore são cegados
Pessoa junto à árvore cegada por um capuz
13
Alguns que chegam até a árvore recebem o fruto
Pessoa ao lado da árvore recebe um fruto da deidade
14
Lei observa a Lei de Moisés
Sumo sacerdote assiste à queima do incenso
15
Imagem do Deus menino
Rei-sacerdote dirige a adoração à imagem da criança

Esta comparação é uma evidência interessante para um monumento do Livro de Mórmon que ainda não foi analisada em documento impresso, exceto quando BACKED através de dados do texto Izapa Sculpture (Norman 1976). Esta tabela apresenta uma correlação completa publicada pela pela primeira vez entre a escultura de pedra e Árvore da Vida da visão de Leí. Um profundo estudo destes interessantes paralelos está em preparação para publicação. Eu desejo enfatizar que a verificação desta correlação depende de pesquisas em andamento em Izapa, Mesoamérica, de pesquisas e estudos do Livro de Mórmon.

A maioria das pessoas está familiarizada com os estudos preliminares do professor M. Wells Jakeman feitos nos anos de 1950 que apresenta a hipótese da Árvore da Vida de Lei (LTL). Os estudos do Dr. Jakeman tiveram fama temporária, mas logo cairam no desfavor da maioria dos seus colegas estudiosos por tentar provar suas teses prematuramente com suas, assim chamadas, vinte "principais correspondências características" e seus oitenta e dois "acordos detalhados ou similaridades" que a maioria dos pesquisadores viram como "um assunto de mero acaso baseado apenas em similaridades superficiais" (Coe 1973: 44).

Estudos subseqüentes lançam sérias dúvidas a respeito da maioria dos paralelos de Jakeman, os quais foram algo fortuito, e tentativas de comparações sem nenhuma continuidade convincente com respeito à cena da visão. Entretanto, as dez principais características físicas que ele comparou ainda são prontamente reconhecidas em correlacionamentos apropriados (árvore, rio, caminho, barra, e os seis membros da família de Lei), e seu tratamento dos símbolos dos nomes de Lei e Saria ainda são discutíveis. O adorno de cabeça em forma de chifres era uma coroa ornamental usada pelas princesas egípcias, e o nome Saria em hebreu significa "princesa". O significado do nome Lei significa queixo ou mandíbula em hebreu e a mandíbula superior descoberta com a língua sobreposta apontando para Leí qualifica o símbolo do seu nome. Outros elementos neste "glyph" definem seu papel de sumo sacerdote.

Mesmo assim, estas correspondências para as possibilidades de uma possível ligação com o sonho de Lei permanecem. Estudos paralelos deste tipo têm sido aceitos em apenas parte das correlações nas quais a autenticidade dos itens comparados é reconhecida, tais como Izapa Stela 5 e o mito de Popol Vuh, por exemplo. Stela 2 e 5 geralmente também são reconhecidas por suas possíveis conexões com o Popol Vuh que eu pesquisei (Norman 1976).Eu analisei Stela 5 com um pré-registro da Criação do Popol Vuh, e da migração dos primeiros ancestrais para a Guatemala. Stela 5 data do terceiro ou quarto século antes de Cristo, o que requer uma origem anterior ao registro da migração Pós Clássica padronizada no Popol Vuh. A história pode repetir-se na maneira em que é registrada para refletir antigos padõres para validar a nova era. Compare o êxodo de Leí com o êxodo de Moisés, por exemplo. (1 Néfi 17: 23-42) A origem do Livro de Mórmon em Stela 5 refletida nos registro padrão de Popol Vuh é concebível.

As eventuais possibilidades da hipótese do sonho de Leí são, 1) que elas serão desaprovadas (muito improvável neste estágio), 2) que permanecerão incertos, 3) que elas terão uma conexão indireta com paralelos parciais baseados na tradição oral, ou 4) que poderão ser provadas como um completo e autêntico texto do Livro de Mórmon (uma possibilidade real). A última possibilidade requer extensiva e cuidadosa pesquisa e não se pode tirar conclusões apressadas.

Minha completa análise desta e das outras 34 maiores esculturas em baixo relevo junto com as escavações em Izapa (Miller 1969, Lowe et al 1982), fornecem um sólido banco de dados hoje em dia sobre quais estudos da civilização de Izapa podem ser procedentes, incluindo a investigação da historicidade do Livro de Mórmon. O trabalho de Normans NWAF não está endereçado à hipótese da Árvore da Vida de Leí, mas ela a tem sustentado de muitas maneiras significativas com o progresso das pesquisas que continuam sendo feitas.

Referências

Jakeman, M. Wells. "Stela 5, Izapa ChiapasMexico; A Major Archaeological Discovery of the New World." The University Archeological Society, Special Publications, no 2. Brigham Young University, 1958.

Largey Dennis L. General Editor. Book of Mormon Reference Companion. Deseret Book Company. 2003.

Lowe, Gareth W., Thomas A. Lee Jr., e Eduardo Martinez E. "Izapa: An Introduction to the Ruins and Monuments." Papers of the New World Archaeological Foundation, no. 31. Brigham Young University, 1982.

Norman, V. Garth. "Izapa Sculpture, Part 1 Album, Part 2 Text. Papers of the New World Archaeological Foundation. no. 30. Brigham Young University, 1973, 1976.
 —V. Garth Norman