NOSSA MISSÃO

Divulga artigos de pesquisas científicas escritos por cientistas e pesquisadores SUD.s e não SUD.s, profissionais e amadores, a respeito da arqueologia, antropologia, geografia, sociologia, cronologia, história, linguística, genética e outras ciências relacionadas à cultura de “O Livro de Mórmon - Outro Testamento de Jesus Cristo”, uma das quatro obras padrão de “A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias”.

O Livro de Mórmon conta a história dos descendentes do povo de Leí, (profeta da casa de Manassés), que saiu de Jerusalém no ano 600 a.C. (pouco antes do Cativeiro Babilônico) e viajou durante 8 anos pelo deserto da Arábia às margens do Mar Vermelho, até chegar na América (após 2 anos de navegação), desembarcando provavelmente em algum lugar da Mesoamérica (região que inclui o sul do México, Guatemala, Belize, El Salvador, Honduras, Nicarágua e parte de Costa Rica), mais precisamente a região vizinha à cidade de Izapa, no sul do México, onde, presumem os estudiosos, tenha sido o local de assentamento da primeira povoação desses colonizadores hebreus .

Este blog não é patrocinado nem está ligado oficialmente a qualquer denominação religiosa. Todo conteúdo apresentado aqui representa a opinião e é de total e exclusiva responsabilidade de seus autores, que sempre estão devidamente identificados.

quarta-feira, 31 de julho de 2013

LINGUÍSTICA - Egípcio Reformado: "Na Língua de Meus Pais"

2ª DE QUATRO PARTES



Richard G. Grant.

© Copyright 1999
Tradutor Elson C. Ferreira – Curitiba/Brasil – Julho/2013

·       Conclusão
·       Referências


Qual é a Conexão Entre O Livro de Mórmon e o Idioma Egípcio?

Néfi diz:

Sim, faço um registro na alíngua de meu pai, que consiste no conhecimento dos judeus e na língua dos egípcios.” (1 Néfi 1:2).

Por que o egípcio é aqui identificado por Néfi como a linguagem de seu pai? Poderíamos esperar que a linguagem de Leí fosse o hebraico. Certamente, sugere Morôni, alguns milhares de anos depois de Leí que o hebraico era a linguagem falada do povo nefita.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

LINGUÍSTICA - Egípcio Reformado: "Na Língua de Meus Pais"

1ª DE QUATRO PARTES



Richard G. Grant.
© Copyright 1999

Tradutor Elson C. Ferreira – Curitiba/Brasil – Julho/2013

·       Conclusão
·       Referências

O Que é Egípcio Reformado?

segunda-feira, 15 de julho de 2013

ARQUEOLOGIA - Evidências de Jesus Cristo na América

Richard K. Miner

Tradutor: Elson C. Ferreira – Curitiba/Brasil – 2005
de-jerusalem-as-americas.blogspot.com
de.jerusalem.as.americas@gmail.com

Templo da Serpente Emplumada, em Xochicalco, adornado com uma serpente emplumada totalmente
zoomórfica

Das histórias, tradições, ritos, rituais, costumes e doutrinas do povo da Mesoamérica, América do Sul e do Norte, aprendemos o seguinte:

(As palavras sublinhadas são citações destas fontes; as palavras em parênteses são suposições de Richard K. Miner, que extraiu estas informações)

quarta-feira, 10 de julho de 2013

ARQUEOLOGIA - Escultura da Árvore da Vida - Uma Relíquia Cristã?

+David L. Allen


Tradutor: Elson C. Ferreira - Curitiba/Brasil - Novembro/2010


·         - Qual é seu significado religioso, espeialmente para os cristãos modernos?
·         - Por que somos chamados de mórmons?
·         - Onde a rocha esculpida se encaixa?
·        -  A família de Leí.
·         - O caminho estreito e a barra de ferro.
·         - Névoas de escuridão.
·         - Querubins.
·         - Ligação entre a barra de ferro e a palavra de Deus.
·         - Leí - o nome.
·         - Sumário.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

CRONOLOGIA - 600 Anos da Profecia do Nascimento de Jesus Cristo

http://josephsmithacademy.org/projects/2000/people/john_p_pratt/images/john_p_pratt.jpg
Reimpresso do Meridian Magazine (31 Mar 2000)
©2000 John P. Pratt. Todos os Direitos Reservados
Tradutor: Elson C. Ferreira – Curitiba/Brasil
Jul/2013

Comparação de fontes bíblicas e babilônicas, em apoio ao relato d'O Livro de Mórmon de que Leí partiu de Jerusalém exatamente 600 anos antes do nascimento de Jesus Cristo.

A questão da verdadeira data da partida de Leí de Jerusalém tem sido uma questão difícil para os estudiosos porque os dados cronológicos que temos não parecem ser consistentes.