NOSSA MISSÃO

Divulga artigos de pesquisas científicas escritos por cientistas e pesquisadores SUD.s e não SUD.s, profissionais e amadores, a respeito da arqueologia, antropologia, geografia, sociologia, cronologia, história, linguística, genética e outras ciências relacionadas à cultura de “O Livro de Mórmon - Outro Testamento de Jesus Cristo”, uma das quatro obras padrão de “A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias”.

O Livro de Mórmon conta a história dos descendentes do povo de Leí, (profeta da casa de Manassés), que saiu de Jerusalém no ano 600 a.C. (pouco antes do Cativeiro Babilônico) e viajou durante 8 anos pelo deserto da Arábia às margens do Mar Vermelho, até chegar na América (após 2 anos de navegação), desembarcando provavelmente em algum lugar da Mesoamérica (região que inclui o sul do México, Guatemala, Belize, El Salvador, Honduras, Nicarágua e parte de Costa Rica), mais precisamente a região vizinha à cidade de Izapa, no sul do México, onde, presumem os estudiosos, tenha sido o local de assentamento da primeira povoação desses colonizadores hebreus .

Este blog não é patrocinado nem está ligado oficialmente a qualquer denominação religiosa. Todo conteúdo apresentado aqui representa a opinião e é de total e exclusiva responsabilidade de seus autores, que sempre estão devidamente identificados.

terça-feira, 9 de abril de 2013

GEOGRAFIA - Por que a Mesoamérica se encaixa na Geografia do Livro de Mórmon

Alan Miner

Tradução: Elson C. Ferreira - Curitiba/Brasil- Janeiro/2004
de.jerusalem.as.americas@gmail.com

        O nome "Mesoamérica" é um termo usado para identificar a terra de um número significativo de culturas pré-colombianas. A área da Mesoamérica encerra muitos dos estados do sul do México, e a maioria dos países da América Central, incluindo a Guatemala, Belize, El Salvador, Honduras, Nicarágua, e parte da Costa Rica. Ela faz fronteira ao norte com o Golfo do México, ao leste com o Mar do Caribe, e ao sul e oeste com o Oceano Pacífico. As características geográficas e culturais sem igual da "terra prometida" com a história do Livro de Mórmon favorecem a área da Mesoamérica pelas seguintes razões:
1. A distância entre a terra de Néfi e a terra de Zaraemla:

Quase 61% de toda a história do Livro de Mórmon acontece nas cidades de Néfi e Zaraemla ou próximo delas. O grupo que acompanhou o profeta Alma, o pai, com seus rebanhos e manadas, tomaram pouco mais de 21 dias para atravessar a distância entre essas duas terras. Isto que significa 61% da história do povo do Livro de Mórmon (quase 600 anos de história) provavelmente aconteceu dentro de um raio de 200 a 400 milhas. Todos os centros populacionais necessárias, culturas, linguagens escritas, corpos de água, áreas desérticas e marcos estratégicos tais como a estreita faixa de terra, tinham que estar circunscritas dentro de um raio de aproximadamente 400 milhas. Estas dimensões se encaixam na região da Mesoamérica.

2. Múltiplas Culturas Avançadas:

A cultura Jaredita viveu desde aproximadamente 2500 a 300 a.C. As culturas Lamanita, Nefita, e Mulequita aparecem entre 600 a.C. e 400 a.D. A cultura lamanita continuou depois de 400 a.D. O principal lugar que correspondente com a cultura e centros populacionais que floresceram durante este tempo foi a Mesoamérica. As culturas mesoamericanas datam de aproximadamente 2500 a.C. até 1500 a.D. Essas civilizações incluem as culturas do altiplano Maia e das terras baixas, a cultura Olmeca, a cultura Zapoteca, e a cultura dos povos que habitam o Vale Central do México.

3. Uma Linguagem Escrita:

Os nefitas mantiveram registros escritos, é por isso que hoje temos o Livro de Mórmon. Nós sabemos que nas últimas batalhas entre os nefitas e lamanitas, os primeiros escreveram ao rei lamanita e receberam uma resposta (Mórmon 6:2‑3). Presentemente parece que o único lugar neste continente onde havia uma linguagem fonética escrita no tempo do Livro de Mórmon é a Mesoamérica.

4. Muitas Cidades:

No momento, 90% dos locais arqueológicos culturalmente avançados e significativos dos tempos do Livro Mórmon ficam situados na Mesoamérica.

5. Corpos de Água:

No Livro de Mórmon os seguintes corpos de água devem ser considerados: o rio Sidon (Alma 2:15), as águas de Sidon, as águas de Mórmon (Mosias 18:8), as águas de Sebus (Alma 26:34), a terra de águas puras (Mosias 23:4), a terra das muitas águas (Mosias 8:8), o lugar onde o mar divide a terra (Éter 10:20), as águas de Ripliancum (Éter 15:8), os grandes corpos de água na terra que está ao norte, o mar do sul (Helaman 3:8), o mar do norte (Helaman 3:8), o mar do oeste (Alma 22:27), e o mar do leste (Alma 22:27). A Mesoamérica tem corpos de água que se encaixam nas descrições do Livro de Mórmon.

6. Áreas Desérticas:

A terra prometida era aparentemente inóspita o bastante para que pelo menos as seguintes áreas desérticas sejam consideradas: um deserto não especificado que Néfi, Mosias, Limhi, Amon e Alma vagaram por muitos dias; um deserto no oeste (Alma 22:28), o deserto de Hermontes (Alma 2:37), o deserto do sul (Alma 22:31), o deserto do norte (Alma 22:27), a estreita faixa de deserto que "se estendia do mar do leste ao mar do oeste e contornava a costa e as fronteiras do deserto que ficava ao norte" (Alma 22:27), e o deserto do oeste (Alma 25:5). Mais significativo, o termo deserto parece ser adequado às terras montanhosas. A Mesoamérica é o único lugar no continente americano com um número de montanhas estendendo-se do mar do leste até o mar o oeste.

7. Pequena Faixa de Terra - Estreita Faixa de Terra - Passagem Estreita:

As escrituras do Livro de Mórmon fazem referência a "uma pequena faixa de terra" (Alma 22:32), "uma estreita faixa de terra" (Alma 63:5; Éter 10:20), "estreita passagem" (Alma 50:34; 4 Néfi 3:5, 4 Néfi 2:29) as quais parecem ser de importância estratégica. Estes termos "pequena faixa de terra - estreita faixa de terra - estreita passagem" são mencionados desde o tempo de Alma (90 a.C.) até o tempo de Mórmon em 362 d.C. Eles estão também ligados à época dos jareditas. O que faria destas áreas geográficas regiões estrategicamente importantes por tantos anos?

Na Mesoamérica, um estreito corredor estende-se da costa do Pacífico na Guatemala através do Istmo de Tehuantepec até a costa atlântica de Vera-cruz, no México. Quase todo o tráfego na terra norte-sul e o comércio passavam através deste corredor desde tempos muito antigos (dos Jareditas) até bem depois dos tempos do livro Mórmon (420 d.C.).

Copyright © 1999-2002 Ancient America Foundation. Esta mensagem pode ser copiada com a devida informação de identificação. Visite o web-site: http://www.ancientamerica.org
Gostaríamos de saber sua opinião a respeito do nosso trabalho. Por favor, envie por e-mail seus comentários, ou faça perguntas através do e-mail: de.jerusalem.as.americas@gmail.com