NOSSA MISSÃO

Divulga artigos de pesquisas científicas escritos por cientistas e pesquisadores SUD.s e não SUD.s, profissionais e amadores, a respeito da arqueologia, antropologia, geografia, sociologia, cronologia, história, linguística, genética e outras ciências relacionadas à cultura de “O Livro de Mórmon - Outro Testamento de Jesus Cristo”, uma das quatro obras padrão de “A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias”.

O Livro de Mórmon conta a história dos descendentes do povo de Leí, (profeta da casa de Manassés), que saiu de Jerusalém no ano 600 a.C. (pouco antes do Cativeiro Babilônico) e viajou durante 8 anos pelo deserto da Arábia às margens do Mar Vermelho, até chegar na América (após 2 anos de navegação), desembarcando provavelmente em algum lugar da Mesoamérica (região que inclui o sul do México, Guatemala, Belize, El Salvador, Honduras, Nicarágua e parte de Costa Rica), mais precisamente a região vizinha à cidade de Izapa, no sul do México, onde, presumem os estudiosos, tenha sido o local de assentamento da primeira povoação desses colonizadores hebreus .

Este blog não é patrocinado nem está ligado oficialmente a qualquer denominação religiosa. Todo conteúdo apresentado aqui representa a opinião e é de total e exclusiva responsabilidade de seus autores, que sempre estão devidamente identificados.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

CÓDIGO - O Códice Grolier




Fenrir
História

A descoberta do Códice Grolier foi autenticada há 25 anos, mas devido a dificuldade na elaboração de estudos sobre o manuscrito, poucas coisas foram reveladas. Como pouco se sabe sobre tal documento, devemos entender o perigo de se chegar a conclusões precipitadas com relação ao assunto. Sabemos que a descoberta do Códice Grolier é um tópico delicado, e para alguns, inquietante.
O Códice Grolier foi descoberto no México no ano de 1965, embora ainda não fosse concluída a sua origem Maia. A história de seu descobrimento é contada no livro “Breaking the Maya Code”, de Michael Coe (Thames e Hudson, 1992). Não podemos deixar de mencionar a pessoa de José Saenz, que partiu para uma viagem perto da Serra de Chiapas e Tortuguero, onde foram procurados os fragmentos desse códice juntamente com outras relíquias.

Relatos dizem que o manuscrito foi encontrado em uma caverna. Logo após alguns estudos, o documento foi levado para o Clube Grolier de Nova York (1971).

Curiosidade

Algo interessante foi o fato de que o Códice Groiler foi montado através de fragmentos que foram encontrados por espedições e buscas no local onde inicialmente foram descobertos os vestígios.
Uma grande polêmica girou em torno dos estudos do manuscrito, o que originou um clima hostil entre o estudioso Thompson e o linguista soviético Knorosov. Muitas pessoas consideravam o soviético como o grande descobridor dos hieróglifos do códice, embora algumas pessoas atribuam tal feito a Thompson.

Particularidades

Hoje em dia já se foi comprovada a autenticidade do Códice, sendo esta baseada nas característica próprias do documento, e não na sua forma. O Códice Groiler é um códice menos carregado de conceitos, de misticismos e estudos mais aprofundados, sendo ele considerado um códice genuíno, até mesmo erudito.
Falsa confirmação
Algumas pessoas afirmaram que o Códice Grolier se trata de um falso documento. Tais pessoas cometeram alguns erros para que viessem fazer tal declaração:

*A sua forma não convencional prejudicou a identificação do Códice como sendo um manuscrito Maia.

*Não examinaram a consistência do documento.
*Ao tentarem examinar o manuscrito, tais pessoas se prenderam nos pequenos detalhes que indicavam características que não fossem da civilização 
mesoamericana, fechando os olhos para os indícios que provavam o contrário. Existem muitos vestígios que podem definir a origem desse códice.

Últimas informações

Como última informação, sabemos que o Códice Groiler desapareceu misteriosamente, sem deixar pistas de onde possa se encontrar. Muitas códigos do documento ainda não foram decifrados. Pode-se dizer que o Códice Groiler é um dos documentos mais misteriosos da atualidade.

Localização

New York, Estados Unidos da América