NOSSA MISSÃO

Divulga artigos de pesquisas científicas escritos por cientistas e pesquisadores SUD.s e não SUD.s, profissionais e amadores, a respeito da arqueologia, antropologia, geografia, sociologia, cronologia, história, linguística, genética e outras ciências relacionadas à cultura de “O Livro de Mórmon - Outro Testamento de Jesus Cristo”, uma das quatro obras padrão de “A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias”.

O Livro de Mórmon conta a história dos descendentes do povo de Leí, (profeta da casa de Manassés), que saiu de Jerusalém no ano 600 a.C. (pouco antes do Cativeiro Babilônico) e viajou durante 8 anos pelo deserto da Arábia às margens do Mar Vermelho, até chegar na América (após 2 anos de navegação), desembarcando provavelmente em algum lugar da Mesoamérica (região que inclui o sul do México, Guatemala, Belize, El Salvador, Honduras, Nicarágua e parte de Costa Rica), mais precisamente a região vizinha à cidade de Izapa, no sul do México, onde, presumem os estudiosos, tenha sido o local de assentamento da primeira povoação desses colonizadores hebreus .

Este blog não é patrocinado nem está ligado oficialmente a qualquer denominação religiosa. Todo conteúdo apresentado aqui representa a opinião e é de total e exclusiva responsabilidade de seus autores, que sempre estão devidamente identificados.

domingo, 29 de maio de 2011

ESCRITURAS d'O Livro de Mórmon Referentes a Temas Mesoamericanos

Diane E. Wirth

Tradutor Elson C. Ferreira – Curitiba/Brasil - Janeiro/2006

Muitas escrituras do Livro de Mórmon se relacionam com práticas mencionadas no Livro de Mórmon. Dois desses temas são A Árvore da Vida (veja o estudo de Garth Norman sobre Stela 5 em Izapa, Chiapas, México), e as Sete Tribos Primordiais (veja “The Seven Primordial Tribes: A Mesoamerican Tradition,” de Diane Wirth em AAF Newsletter, No. 8 July 1996 www.ancientamerica.org). Algumas escrituras dão informações sobre o que era entendido pelos povos mesoamericanos. Onze escrituras de bastante interesse serão mencionadas abaixo:

sábado, 28 de maio de 2011

LINGUÍSTICA - “Egípcio Reformado”

William J. Hamblin

Provo, Utah - Maxwell Institute - P. N/A

Tradutor: Elson C. Ferreira – Curitiba/Brasil – Maio/2011

Fotografia do que se acredita ser um document de 1830 conhecido como Transcrito de Anthon.
http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/02/Caractors_large.jpg/600px-Caractors_large.jpg

Este documento é parte de uma série de artigos da Foundation for Ancient Research and Mormon Studies - FARMS que foram escritos com a intenção de dar claras e concisas respostas ao criticismo que tem se levantado contra O Livro de Mórmon.

Como podemos ver nas notas de rodapé, muito é creditado a prévios pesquisadores que têm feito essas críticas. A Fundação deseja agradecer a Matthew Roper por sua ajuda em reunir e resumir grande parte do material para esta série de artigos.

domingo, 22 de maio de 2011

Comentário Doutrinário do Livro de Mórmon - 002

Autoria de 

Rafael Danton Teixeira da Cunha

De 1 NÉFI a MOSIAS


1 Néfi 1: 4 a 15

4- Pois aconteceu no começo do primeiro ano do reinado de Zedequias, rei de Judá (tendo meu pai, Leí, morado todos os seus dias em Jerusalém); e apareceram muitos profetas, nesse mesmo ano, profetizando ao povo que todos deveriam arrepender-se ou a grande cidade de Jerusalém precisaria ser destruída.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

ARQUEOLOGIA - Cimento É Mencionado no Livro de Mórmon

Maxwell Institute

Tradutor: Elson C. Ferreira – Curitiba/Brasil – Dezembro/2010

No seu resumo das crônicas nefitas, Mórmon registrou que por volta do ano de 46 a.C. um grupo de nefitas migrou para a terra do norte. Ele disse:

“E como eram escassas as árvores na terra, o povo que para lá seguiu se tornou perito em trabalhos de cimento; portanto construíram casas de cimento, nas quais passaram a habitar.” (Helamã 3:7).

sexta-feira, 13 de maio de 2011

CÓDIGO - O Códice Maia

Fenrir

O tema desse misterioso livro poderia estar ligado à religião, a astronomia, aos ciclos agrícolas, a história ou até mesmo a profecias, contudo podemos observar que o Códice possui um valor próprio, que o coloca em um patamar que não deve ser rotulado por nenhuma definição, apenas a de estar totalmente relacionado com o “mundo superior”, um mundo que talvez ainda não tenha sido imaginado por ninguém.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Comentário Doutrinário do Livro de Mórmon - 001

Autoria de 
Rafael Danton Teixeira da Cunha

De 1 NÉFI a MOSIAS

“...minha alma se deleita em esclarecer o meu povo, para que aprenda."
(II Néfi 25:4)

I NÉFI
Capitulo 1
1 - Eu, Néfi, tendo nascido de bons pais, recebi, portanto alguma instrução em todo o conhecimento de meu pai; e tendo passado muitas aflições no decurso de meus dias, fui não obstante, altamente favorecido pelo senhor em todos os meus dias; sim havendo adquirido um grande conhecimento da bondade e dos mistérios de Deus, faço por isso um registro de meus feitos durante minha vida.
2 – Sim faço um registro na língua de meu pai, que consiste no conhecimento dos judeus e na língua dos egípcios.
3 – E sei que o registro que faço é verdadeiro; e faço-o com minhas próprias mãos e faço-o de acordo com o meu conhecimento.

COMENTÁRIO

Versículos 1 a 3 - O primeiro ensinamento que tiramos destes versículos é o da necessidade de pertencermos a uma família legalmente constituída, cujos pais estão unidos e que mantenham a família unida dentro dos parâmetros estabelecidos pelo Senhor.